O mundo tem se transformado a cada dia que passa por conta da tecnologia – e isso em todos os campos possíveis, inclusive o da logística.

No Brasil, o setor já vem mostrando diversas modernidades e avanços, seguindo até mesmo uma tendência mundial. E se antes o que importava para uma empresa era o tamanho da sua frota e a área atendida, hoje o que as pessoas mais prezam é a agilidade na hora da entrega.

Junto a tecnologias de ponta, como a inteligência artificial, muitas empresas brasileiras já têm mostrado a que veio. Com o processo automatizado desde o início da cadeia, separar pacotes e rastrear um produto não é mais uma atividade morosa de se fazer – muito pelo contrário.

Segundo uma pesquisa feita pela Fundação Dom Cabral com 275 empresas de logística do país, mais da metade delas acredita que a tecnologia é o segredo não só para a satisfação dos clientes, mas também para reduzir custos e melhorar toda a cadeia. E pelo visto, a maioria já está investindo nisso para que o futuro seja ainda mais promissor.

Acompanhe o texto abaixo e descubra quais são as novas tecnologias que auxiliam no processo logístico de uma empresa.

Mas afinal, quais são essas tecnologias?

Segundo o dicionário Priberam, tecnologia é a “ciência cujo objeto é a aplicação do conhecimento técnico e científico para fins industriais e comerciais”. Contudo, não podemos generalizar todas elas apenas nesse significado.

Para a logística, entende-se por tecnologia aqueles programas ou softwares que irão auxiliá-la no decorrer da cadeia, desde a separação do pedido até o momento em que ele é entregue. Sendo assim, não há como compará-la com uma tecnologia que foi desenvolvida para ajudar outro setor.

Conheça a seguir algumas novidades que têm acelerado o processo da logística e, consequentemente, melhorado a experiência do consumidor.

Inteligência artificial

Quando um sistema é automatizado e possui algoritmos definidos para facilitar algum processo, a rotina de trabalho torna-se muito mais prática e ágil. Sabendo disso, a logística já vem aplicando alguns tipos de inteligências artificiais em algumas de suas etapas, como é o caso da separação de pedidos.

Com apenas uma programação no sistema, ele separa, sozinho, todos os produtos que precisam ser transportados – e isso pode ser de acordo com a cidade, com o tipo de produto ou até mesmo por bairro, caso a cidade seja grande.

A partir daí, as cargas podem ser melhor definidas nos caminhões da transportadora, ajudando, inclusive, na rota a ser traçada.

Dark store

As dark stores não são muito conhecidas no Brasil, porém já são bastante utilizadas por grandes empresas, como Target e Walmart.

Basicamente, a dark store é um espaço único para que sejam feitas as seguintes atividades: catalogação, armazenamento, separação e envio. Aqui, o ponto positivo de maior destaque é a sua localização, já que está em um lugar que facilita todo o processo na hora de receber ou buscar um pedido.

Softwares para gerenciar armazéns e depósitos

Hoje em dia, existem diversos softwares que colaboram na rotina de uma empresa – e um deles são aqueles que ajudam no gerenciamento do armazém ou depósito de uma transportadora.

Por serem responsáveis pelo controle de entrada e saída de materiais, controle de estoque, organização dos produtos para despacho, entre outras coisas, esses softwares aumentam a produtividade da equipe, visto que agiliza o processo e diminui a presença de falhas.

Além disso, é uma solução que deve ser considerada quando se quer ter insights em tempo real a partir do que está acontecendo dentro de um estabelecimento, como reposição de produtos em falta ou melhora no processo de gerenciamento.

Software para organizar a escala de trabalho

Apesar da tecnologia estar muito presente na vida das empresas, existe um fator que ainda é insubstituível: o humano. Portanto, saber como os colaboradores irão trabalhar em determinado momento é muito importante para que o trabalho não seja interrompido.

Nesses casos, um software de gerenciamento das escalas de trabalho pode ser interessante, pois otimiza não só a equipe, mas também a operação em que determinada pessoa está inserida.

Ferramentas de geolocalização

A geolocalização no setor de logística modificou a forma de trabalhar das empresas de maneira bastante positiva.

Com a existência de sistemas de satélites e transmissão de sinais, rastrear uma carga ou veículo tornou-se muito mais fácil e preciso. Logo, com essas ferramentas, o trabalho fica mais produtivo e os custos ficam cada vez mais reduzidos.

Algumas das funções que essas tecnologias possuem são:

⦁ Monitoramento do trânsito em tempo real;
⦁ Criação de rotas inteligentes;
⦁ Rastreamento de frota;
⦁ Prevenção de sinistros.

5G

Se há 20 anos a tecnologia móvel mais promissora era o 3G, hoje já se fala muito do 5G – e ele também pode ser de grande ajuda para o setor logístico de uma empresa.

Fundamental para conectar dispositivos móveis e transmitir dados de um ponto a outro, o 5G vai proporcionar muito mais velocidade às pessoas na hora de tomar decisões.

A Transligue

Fundada no início de 2000 na cidade de Jaraguá do Sul, a Transligue é, hoje, uma das empresas de transporte que mais se destacam no segmento de transporte de carga rodoviário.

Por ter seu trabalho pautado sobre a qualidade, a segurança e a transparência, a empresa já conta com uma matriz em Guaramirim (SC) e mais 6 filiais espalhadas entre os estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Ao todo, já são mais de 13 mil m² de área de depósito.

Fora toda a estrutura física, a Transligue também conta com um time de colaboradores extremamente competentes e qualificados para fazer o que fazem, o que impacta diretamente nos resultados colhidos ao longo desses nossos 22 anos de existência.

Acesse o nosso site e conheça mais sobre a gente!

Leia também:

Voltar para o blog